CFMV participa de conferência internacional sobre Desenvolvimento Sustentável e Planejamento

09 de agosto de 2017

Por Flávia Lôbo

O Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) participou, entre os dias 27 a 29 de junho, da 9ª Conferência Internacional sobre Planeamento e Desenvolvimento Sustentável, em Bristol, no Reino Unido.

Considerado um dos eventos mais importantes de área de sustentabilidade, a conferência abrangeu tópicos como as cadeias de abastecimento sustentáveis, desenvolvimento rural, soluções sustentáveis em países emergentes, transportes, poupança e recursos energéticos, infraestruturas urbanas, alterações climáticas, gestão de resíduos, gestão de cheias, drenagem e inundações urbanas, dentre outros.

O CFMV foi representado por Elma Pereira dos Santos Polegato, integrante da Comissão Nacional de Meio Ambiente  (CNMA/CFMV). O evento contou com a participação de 104 delegados de diferentes países, que apresentaram temas diversos, muitos deles interessantes para o ensino e a prática da Medicina Veterinária e Zootecnia.

“Na Medicina Veterinária e Zootecnia, destaco as palestras voltadas para o uso racional de recursos naturais, conservação do espaço rural e serviços. Houve, também, outros eixos temáticos que podem ser adaptados e adotados em atividades das referidas profissões e com isso cumprir com metas dos objetivos de Desenvolvimento Sustentável que cabem às atividades do médico veterinário e zootecnista”, descreve Polegato.

Elma também explica que palestras e estudos de caso voltados para a Educação podem ser analisadas e, possivelmente, empregadas no projeto referente às Estratégias de Ensino e Aprendizagem e Competências Humanísticas do CFMV.  “ Acredito que CNMA poderá contribuir, pois a realidade da inclusão da sustentabilidade no currículo escolar é que além da universidade também adotar práticas sustentáveis, haverá uma construção mais efetiva do futuro profissional considerando as mudanças em curso no planeta, sejam essas mudanças econômicas, sociais e/ou ambientais. O aprendizado será mais efetivo e haverá maior segurança para pôr em prática os conhecimentos alcançados”, relata.

Assessoria de Comunicação CFMV