Médica Veterinária Janice Zanella é finalista na categoria Ciências do Prêmio da Revista Claudia

13 de junho de 2017

A Médica veterinária e pesquisadora Janice Reis Ciacci Zanella está entre as finalistas da categoria Ciências do Prêmio da Revista Cláudia, na sua 22º edição. O objetivo da premiação é descobrir, destacar e valorizar mulheres competentes, talentosas, inovadoras e empenhadas em fazer um Brasil melhor, nas categorias Cultura, Trabalho social, Negócios, Políticas Públicas, Ciência, Revelação e Consultora Natura Inspiradora.

A mineira Janice é chefe geral da Embrapa Suínos e Aves, onde trabalha há mais de 30 anos. Sua dedicação à ciência, em especial na área de virologia animal, a conduziu à esta indicação.

Um dos grandes focos de trabalho da pesquisadora, durante sua carreira, são as doenças respiratórias em porcos e galinhas. Em 2008, ela se mudou com o marido e os três filhos para os Estados Unidos. Ali, trabalhou no departamento de agricultura americano, centro de referência na área, onde desenvolveu pesquisas com o vírus influenza, causador da gripe tanto em humanos como em porcos e aves. Um ano depois, quando houve a pandemia da doença, Janice participou das primeiras análises do micro-organismo e da equipe que desenvolveu a vacina utilizada em animais. Já no Brasil, em 2010, a pesquisadora estabeleceu uma parceria entre a Embrapa e o laboratório americano e, aqui, isolou o vírus pela primeira vez em suínos. Ela, hoje, representa o Brasil no projeto de vigilância global da influenza em suínos da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE, na sigla em francês).

“Nosso grande desafio é garantir a segurança do alimento tanto em grandes unidades produtivas, que abatem cerca de 15 mil animais por dia, como nas pequenas, que carecem do aparato ideal”, afirma a veterinária. Recentemente, um dos grupos que Janice lidera criou um abatedouro móvel. Trata-se de um caminhão equipado com maquinário adequado para atender sítios ou pequenas fazendas e garantir o cumprimento das normas sanitárias.

O Prêmio Claudia 2017 já passou pelas etapas preliminares, que selecionou as personalidades em cada categoria e agora é chegada a hora de conhecer melhor as candidatas e votar. O resultado final será conhecido em outubro. O perfil de cada uma das três finalistas em cada categoria pode ser conferido no site do prêmio ou nas revistas impressas que chegam nas bancas em junho.  Clique aqui, para conferir as finalistas e votar. Lembrando que a médica veterinária Janice Zanella concorre na categoria Ciências!

Conheça um pouco mais a trajetória de Janice Zanella

Aos 17 anos, Janice saiu de Varginha para Belo Horizonte estudar Medicina Veterinária na Universidade Federal de Minas Gerais. E foi após sua graduação, durante o seu estágio de aperfeiçoamento, que teve o primeiro contato com a Embrapa Suínos e Aves. Incentivada, ela foi para a Universidade de Nebraska, nos Estados Unidos, cursar o mestrado, com bolsa do National Pork Board Council, em Latência do vírus da Doença de Aujeszky. Foi convidada a cursar o PhD em modelos de latência de vírus. Logo depois, Janice passou no concurso para pesquisador da Emprapa.

Há 19 anos atuando como pesquisadora na área de Virologia Animal, Janice desenvolveu projetos de pesquisa e transferência de tecnologia em vírus de suínos e aves, com uma participação em mais de 30 projetos. Janice também coordenou o programa de Erradicação da Doença de Aujeszky em Santa Catarina, que recebeu quatro premiações, e teve um impacto positivo para suinocultura do Estado, pois criou condições sanitárias favoráveis para a negociação de carne suína com países importadores e hoje é o único que exporta para o Japão e Estados Unidos.

Ela já recebeu 26 premiações, entre nacionais de equipe de projetos, personalidade técnica e internacionais. Em 2015 recebeu o Troféu Mérito Lauriston von Schmidt por relevantes serviços prestados à causa do setor avícola e suinícola da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). A pesquisadora recebeu ainda o título de “RDA Overseas Honorable Researcher” da Rural Development Administration da Coreia do Sul, baseado no impacto internacional dos temas conduzidos por seu trabalho.

Um dos trabalhos de impacto que Janice atuou foi como pesquisadora no Labex-EUA Sanidade Animal, junto ao NADC/ARS/USDA, o maior centro de referência em Sanidade Animal do mundo.

Ela também atuou no Comitê Gestor de Portfólios de Sanidade Animal da Embrapa, como secretária executiva do Comitê Técnico Interno (CTI) da Embrapa Suínos e Aves, participou de diversas comissões e comitês administrativos e de pesquisa, além de integrar a Diretoria do Centro de Diagnóstico em Sanidade Animal – CEDISA desde a sua criação, em 2005.

Atualmente, Janice Zanella compõe o Comitê Gestor das Estratégias da Embrapa. Ela integra ainda os Grupos AdHoc da Organização Mundial de Saúde Animal - OIE para avaliação do estado de Peste Suína Clássica de países membros, da Peste Suína Africana e representa o Brasil no Grupo Técnico OFFLU (OIE, FAO e WHO). O grupo vírus da influenza suína da OFFLU é uma rede de especialistas em gripe suína que estão ativamente envolvidos em atividades de pesquisa e vigilância para compreender a doença e contribuir para melhorar seu controle e prevenção. O grupo OFFLU representa setores de saúde animal e saúde pública com o objetivo de ter uma representação global.

Assessoria de Comunicação do CFMV, com informações da Embrapa e da Revista Claudia