Novo golpe usa o nome do Ministério da Saúde

07 de maio de 2020

Uma tentativa de clonar o aplicativo WhatsApp é o novo golpe que está sendo aplicado contra médicos-veterinários inscritos na ação estratégica “O Brasil Conta Comigo – Profissionais da Saúde”, do Ministério da Saúde (MS) para o enfrentamento da pandemia da Covid-19.

Os golpistas se identificam como sendo do Ministério, informando sobre uma suposta cerimônia para entrega de certificado do curso on-line. Em seguida, pede-se que a vítima confirme um código informado durante a ligação. Com isso, é possível habilitar o aplicativo da vítima em outro aparelho. Porém, esse é o código de instalação do WhatsApp e não deve, jamais, ser compartilhado com terceiros.

O Ministério da Saúde informa que, até o momento, não entrou em contato com médicos-veterinários inscritos na ação estratégica Brasil Conta Comigo - Profissionais de Saúde.

O que é real

O ministério efetua, realmente, dois tipos de chamadas telefônicas neste momento de pandemia da covid-19, causada pelo novo coronavírus: uma delas, para a população em geral, é uma ligação automática com perguntas sobre possíveis sintomas da doença; a outra, direcionada a inscritos na ação para profissionais de saúde, é feita aos que efetivamente serão convocados para o enfrentamento da doença. Essas chamadas são reais, porém, vêm sendo usadas como base para um golpe que, possivelmente, clona o WhatsApp do destinatário da ligação.

Como se proteger?

Para ter certeza de que é o ministério que está ligando, e não se trata de um trote ou golpe, confira se o número que aparece na tela do seu celular é 136 ou 0136. Qualquer outro número usando o nome do Ministério da Saúde é suspeito. E jamais repasse um código recebido por mensagem SMS para o número de WhatsApp de outra pessoa. Caso receba uma chamada solicitando esse tipo de envio, desligue imediatamente e registre um boletim de ocorrência.

Assessoria de Comunicação do CFMV