Curso de Medicina Veterinária da USP completa 100 anos de criação

10 de junho de 2019

A Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo (USP) comemora o centenário de criação do curso (1919-2019). As atividades de celebração começaram em fevereiro com a recepção da 100ª turma e formatura da 80ª.

Para celebrar, no mês de agosto acontecerá uma sessão solene de comemoração de criação do curso no Campus de Pirassununga da USP. Além disso, haverá encontro de turmas, em setembro, organizado pela Associação dos Ex-alunos (AEXA), além de outras atividades

O Instituto de Veterinária foi criado em 1917 buscando o desenvolvimento de pesquisas para a prevenção às zoonoses. Em dezembro de 1919 o primeiro curso de Veterinária da USP surge, vinculado ao Instituto Butantan. Em 1928 foi nomeada a Escola de Medicina Veterinária de São Paulo e em 1969 agregou o curso de Zootecnia, também do Instituto Butantan, passando a ter suas instalações na Cidade Universitária da capital.

Atualmente, a estrutura na Cidade Universitária é composta pelos seguintes departamentos: Cirurgia, Clínica Médica, Medicina Veterinária Preventiva e Saúde Animal, Patologia e Reprodução Animal. Além do Hospital Veterinário, da Biblioteca e do Museu de Anatomia Veterinária. Além das atividades do campus de Pirassununga, com os departamentos: Nutrição e Produção Animal, Medicina Veterinária Preventiva e Saúde Animal, Centro de Biotecnologia de Reprodução Animal, Centro Experimental em Pesquisas Toxicológicas e o Centro de Apoio ao Ensino e à Pesquisa.

Assessoria de Comunicação do CFMV