Aprimoramento e Residência em Medicina Veterinária terão Acreditação

29 de novembro de 2018

Está quase tudo pronto para o Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), por meio da Comissão Nacional de Residência em Medicina Veterinária (CNRMV/CFMV), realizar o 1º Ciclo de Acreditação junto aos programas de Residência Médica e Aprimoramento em Medicina Veterinária. O edital será publicado no início de 2019 e seguirá modelo semelhante ao aplicado no projeto de acreditação que o conselho já promove para cursos de graduação. Os programas de residência e o aprimoramento profissional equivalem a uma pós-graduação lato sensu, porém se diferenciam pela carga horária, 80% voltada para o treinamento em serviço, sob preceptoria.

“O objetivo é chancelar e dar um selo de qualidade de acordo com as diretrizes do CFMV, que têm alto nível de exigência”, observa Fábio Fernando Ribeiro Manhoso, presidente da CNRMV. Ele explica que, ao promover o processo de acreditação, o CFMV toma para si a preocupação com a formação do médico-veterinário. “Quando mostramos quais são os melhores programas, damos a oportunidade para que o recém-formado faça uma boa escolha”, assinala Manhoso.

A participação no processo de acreditação é voluntária, com inscrição on-line. O procedimento é sigiloso e, no caso dos programas de residência em Medicina Veterinária, não substitui o credenciamento pelo Ministério da Educação (MEC), porém, corrobora as iniciativas de qualidade. O trâmite até a conclusão do processo dura cerca de seis meses. Segundo o presidente da CNRMV, os resultados desse primeiro ciclo têm previsão de serem divulgados em novembro, durante o 6º Seminário Nacional de Residência em Medicina Veterinária, cujo tema será “Acreditação e conceitos humanísticos aplicados aos programas de residência e aprimoramento em Medicina Veterinária”.

Assessoria de Comunicação do CFMV