CFMV participa de cerimônia da OIE que reconhece oito estados como zona livre da febre aftosa

23 de maio de 2014

23 de maio de 2014 - O Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) integra a delegação brasileira que estará em Paris neste domingo (25/5) para a cerimônia da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), que  reconhecerá  oito estados brasileiros como zona livre da febre aftosa com vacinação.   A certificação internacional - a ser entregue durante a 82ª Assembleia Geral da OIE -  confere a sete estados do Nordeste (Alagoas, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte) e ao Pará respaldo da OIE  diante do mercado mundial, favorecendo a abertura comercial para mercados ainda inacessíveis e a redução de embargo  da carne brasileira. 

O presidente do CFMV, Benedito Fortes de Arruda,  avalia a conquista como fundamental para o fortalecimento da carne brasileira no mercado internacional. Ele ainda ressalta a importância dos médicos veterinários na busca pelo status de zona 100% livre da febre aftosa. “O veterinário acompanha toda a cadeia produtiva, desde o trabalho de sanidade animal, passando pela qualidade e higiene de produção, conservação até a comercialização”, afirma. Ele também fiscaliza frigoríficos, indústrias, fábricas de produtos e subprodutos de origem animal. É o veterinário quem controla a qualidade dos produtos de origem animal, assegurando, assim, a oferta de alimentos seguros para o consumo humano. 

A meta do governo é conquistar o reconhecimento da OIE como área livre de febre aftosa para todos os estados brasileiros . Atualmente, 15 unidades da federação já  têm esse status com vacinação: Acre, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, São Paulo, Sergipe, Tocantins e Distrito Federal, além dos municípios de Guajará e Boca de Acre, no Amazonas; e a região centro-sul do Pará. Santa Catarina é  o único estado reconhecido como livre de febre aftosa sem vacinação.  

A Assembleia
Entre os dias 25 e  30 de maio, a 82ª Sessão Geral da Assembleia Mundial de Delegados da OIE reunirá membros de 178 países, além de observadores de organizações internacionais e convidados. 

Neste ano, serão celebrados os 90 anos do Brasil como membro fundador da organização internacional. As principais discussões vão abordar temas como a adoção de normas internacionais sobre a segurança do comércio mundial de animais e produtos de origem animal, e a luta contra as doenças animais e as zoonoses.  

O presidente do CFMV, Benedito Fortes de Arruda, estará no evento ao lado do secretário-geral do Conselho, Antônio Felipe Wouk. Os dois também participarão de assembléia no Instituto Internacional Claude Bourgelat, do qual Arruda é  vice-presidente.

Assessoria de Comunicação do CFMV