BNDES aprova R$ 34 mi para projetos de aquicultura na região Centro-Oeste

10 de janeiro de 2014

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES) aprovou financiamentos, no valor total de R$ 34,4 milhões, para dois projetos de investimento produtivo na região Centro-Oeste, por meio do programa BNDES Proaquicultura.
A Geneseas Aquacultura Ltda, em Aparecida do Taboado (MS), obteve empréstimo de R$ 15,8 milhões para a implantação de dois centros de engorda de peixes e uma unidade de industrial de abate, com produção total de 13,3 mil toneladas/ano.

Já em Sorriso (MT), a Delicious Fish Agroindústria e Comércio de Pescados Ltda terá colaboração financeira de R$ 18,5 milhões para projeto de ampliação das instalações produtivas de piscicultura. A empresa, que pertence ao Grupo Gaspar, desenvolve pesquisa controlada para o Melhoramento genético. Com isso, se tornou referência nacional em tecnologia relacionada à piscicultura.

Com a implantação dos projetos, é prevista a geração de 104 novos empregos direitos e 170 indiretos em Sorriso (MT). Em Aparecida do Taboado (MS), a empresa pretende contratar 136 novos empregados.

BNDES Proaquicultura - Em 2012, o BNDES lançou o Proaquicultura, para fortalecer a cadeia produtiva do pescado, com orçamento de R$ 500 milhões e prazo de vigência até 31 de dezembro de 2017. Por meio do programa, o Banco pode financiar até 80% dos investimentos das empresas e 100%, por meio do BNDES PSI, no caso específico de compra de maquinas e equipamentos nacionais.